Escola Básica Luís Sttau Monteiro

Escola Básica Fonte Santa

Escola Básica Tojalinho

Escola Básica Casaínhos

Escola Básica A-dos- Cãos

Escola Básica Fanhões

Escola Básica Lousa

Escola Básica Montemor

Escola Básica Nº1 Loures

Escola Básica Murteira

Escola Básica Nº2 Loures

Jardim de Infância Salemas

Escola Básica Cabeço-de-Montachique

      

                  

 

 

 
 
 

      

 
 
 
 
 

> Parlamento Jovem 2017

 

A "STTAU" em destaque no website institucional da Assembleia Municipal de Sintra
 
 
Notícias
Sessão Distrital - Notícia Iara Ferreira
 
essão Distrital de Lisboa – Parlamento dos Jovens

Presidente de Mesa

No dia 2 de março de 2017, decorreu uma reunião para determinar os elementos da Mesa da sessão distrital do Parlamento dos Jovens, em Lisboa, na qual eu, Iara Ferreira, participei.

No seguimento do Parlamento dos Jovens, decorreu uma reunião em que se apurou o Presidente de Mesa, o Vice-presidente e o secretário. Eu era candidata a Presidente e durante a reunião com outros candidatos de diversas escolas de Lisboa, expusemos as nossas capacidades de liderança e o nosso conhecimento do regulamento. Houve um tempo de debate em que esclarecemos dúvidas sobre outros candidatos. No final deste processo cada um de nós votou nas pessoas que considerávamos melhores para o cargo. Felizmente, fui a eleita a Presidente e a Maria Silva e a Carolina Fernandes foram a Vice-Presidente e a secretária, respetivamente.

No dia 13 de março foi a sessão distrital de Lisboa, onde conheci muita gente, todos muito simpáticos e alguns com quem ainda hoje falo. Nesta sessão, os deputados de todas as escolas de Lisboa expuseram o seu projeto, houve debates e votações e, com muito orgulho, digo que foi o da nossa escola que foi aprovado como projecto base e as deputadas representantes da EB Sttau Monteiro, Joana Teixeira do 8.º B e Alexandra Coelho do 9.º C, passaram à nacional, integrando o círculo de Lisboa.

Infelizmente, na sessão distrital houve uma pequena confusão com a qual penso ter lidado bem e mantive sempre a calma, tal como tinha “prometido” na minha candidatura.

Este processo foi muito importante para me ajudar a melhorar a minha capacidade de argumentação e de liderança e de estar mais à vontade a falar para um grande número de pessoas. Recomendo a participação neste projeto muito enriquecedor e divertido que nos deixa mais cultos quanto à vida política.

Tudo o que tenho a dizer é um grande obrigada ao Parlamento dos Jovens!

Iara Ferreira 9.º B

 

Mais uma etapa… mais uma viagem!

A Sessão Nacional à vista

Foi no passado dia 13 de março que se realizou a Sessão Distrital de Lisboa do Parlamento dos Jovens, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, uma iniciativa que tem como objetivo mostrar que também os jovens têm uma opinião acerca das normas políticas e sociais do país. Contou com a presença de Basílio Horta, Presidente da Câmara Municipal de Sintra; Pedro Filipe Soares, Deputado da Assembleia da República; Eduarda Marques, Diretora de Lisboa e Vale do Tejo do Instituto Português da Juventude e Desporto e Francisco Neves, Delegado Regional da Educação de Lisboa e Vale do Tejo.

Este ano o tema escolhido foi: “40 anos de Constituição da República Portuguesa. Os jovens e a Constituição: tens uma palavra a dizer!”

A nossa escola, para além de estar representada pela presidente da mesa, a aluna Iara Ferreira, cumpriu muito bem o seu papel, levando o seu projeto de recomendação avante e posteriormente ter sido a primeira escola a passar à Sessão Nacional, que irá ter lugar na Assembleia da República no mês de maio.

Pela palavra da Deputada efetiva da nossa escola, Joana Teixeira, esta foi “uma experiência inesquecível e que tem de ser muito bem aproveitada, pois não é todos os dias que se tem a oportunidade de participar num projeto desta importância”. Na opinião de muitos professores foi ainda “extremamente enriquecedora, dando aos alunos a oportunidade de adquirir conhecimentos, participar na vida política do país e conhecer pessoas com visões e perspetivas diferentes das próprias”.

O próximo passo será, então, a Sessão Nacional, para a qual os alunos deverão estar devidamente preparados. Como porta-voz do círculo eleitoral, foi eleita a jovem Deputada Margarida Pires, da Escola D. Carlos I, em Sintra, que, com certeza, irá representar muito bem o círculo de Lisboa.

Os deputados do círculo eleitoral de Lisboa recomendam à Assembleia da República a adoção das seguintes medidas:

1. Incluir um artigo na Constituição que legalize a Eutanásia, dotando cada pessoa do direito e da liberdade de decidir sobre a sua própria vida, quando a mesma está sujeita a dores intoleráveis, sofrimentos físicos ou psíquicos. De salientar que esta prática só deverá ser aplicada quando comprovadamente a medicina e a ciência não possuem resposta para estes problemas.

2. Inserir um artigo na Constituição que preveja expressamente o princípio do non-refoulement (o direito do refugiado ou requerente de asilo não ser reenviado para o seu país de origem, onde a sua vida é posta em risco), atualizando o estatuto de refugiado aos novos contextos e estabelecendo o compromisso em assegurar, àqueles que necessitam de proteção, o gozo dos direitos fundamentais, incluindo o direito à vida, à não sujeição à tortura e à liberdade e segurança pessoais.

3. O Estado deverá responsabilizar-se por criar situações de igualdade e de oportunidades aos cidadãos com deficiência física, mental, auditiva e visual.

4. A inseminação artificial deverá ser permitida à generalidade das mulheres, independentemente do estado civil ou orientação sexual, deixando de ser obrigatório as mulheres terem um diagnóstico de infertilidade.

A Mesa da Sessão Distrital comunicou ainda ao plenário que “A Escola que temos e a Escola que queremos!” será o Tema a propor pelo círculo eleitoral de Lisboa para a Sessão do próximo ano.

Todas as escolas estão de parabéns!

Rita Valério – 9.º C

 

Listas page 001 1

campanha eleitoral page 001

 

 

 

 

 

 

 

parlamento 2017

 

 

O Programa está em marcha

Parlamento dos Jovens

 2016/1017

 

 

 

 


A escola sede vai participar, pelo segundo ano consecutivo, no programa O Parlamento dos Jovens, projeto coordenado e dinamizado pela Assembleia da República, que tem como principais objetivos:

  • Incentivar o interesse dos jovens pela participação cívica e política;
  • Sublinhar a importância da sua contribuição para a resolução de questões que afetam o seu presente e o futuro individual e coletivo, fazendo ouvir as suas propostas junto dos órgãos de poder político;
  • Dar a conhecer o significado do mandato parlamentar e o processo de decisão da Assembleia da República, enquanto órgão representativo de todos os cidadãos portugueses;
  • Incentivar as capacidades de argumentação na defesa das ideias, com respeito pelos valores da tolerância e da formação da vontade da maioria.

O  tema para 2016/2017 é: 40 anos de Constituição. Os jovens e a Constituição: tens uma palavra a dizer!

Se a iniciativa para uma revisão constitucional partisse dos nossos alunos, o que mudariam na Constituição? Que medidas ou alterações gostariam de propor?

Seria  muito bom que alunos, professores, familiares e toda a comunidade educativa em geral, conseguissem fazer da presente edição do Parlamento dos Jovens um grande debate sobre os direitos e os deveres consagrados na Constituição, bem como sobre a organização económica e política do país.

Participem nesta iniciativa, explorando a nossa Constituição e refletindo sobre os seus princípios fundamentais.

Participação dos alunos no projeto:

  • Até 15 de dezembro, ao nível de escola, os alunos poderão formar listas de 10 deputados (da mesma turma ou não). Os cabeça de lista não poderão ter participações disciplinares no ano letivo em curso nem no ano letivo anterior. Os restantes membros da lista não podem ter sido alvo de procedimento disciplinar no mesmo período tempo.
  • Cada lista deve apresentar três medidas, devidamente justificadas, no âmbito do tema - 40 anos de Constituição. Os jovens e a Constituição: tens uma palavra a dizer!
  • Cada lista divulgará as suas medidas através de um cartaz A3 e/ou  panfletos (a preto e branco).
  • campanha eleitoral decorrerá entre 12 e 16 de janeiro e as eleições, para apurar os deputados eleitos e representantes da escola a nível distrital, realizar-se-ão a 18 de janeiro.
  • Durante os meses de novembro e dezembro, teremos convidados para debater o tema.

Ficamos à espera das vossas ideias!!!!

 

 

 

 

> Parlamento Jovem 2016